Caboclo Tupinambá

Caboclo Tupinambá


O Caboclo tupinambá vem de uma legião muita antiga, e se refere a uma grande nação de índios, da qual faziam parte, dentre outros, os tamoios, os temiminós, os tupiniquins, os potiguara, os tabajaras, os caetés, os amoipiras, os tupinás (tupinaê), os aricobés e um grupo também chamado de tupinambá. 

Os tupinambás como nação, dominavam quase todo o litoral brasileiro e possuíam uma língua comum, que teve sua gramática organizada pelos jesuítas e passou a ser conhecida como o tupi antigo. Apesar de terem raízes comuns, as diversas tribos que compunham a nação Tupinambá lutavam constantemente entre si, movidas por um intenso desejo de vingança que resultava sempre em guerras sangrentas em que os prisioneiros eram capturados para serem devorados em rituais antropofágicos. Também era comum a intercessão junto aos espíritos dos pajés, o uso dos maracás, chocalhos místicos cujo uso era obrigatório em qualquer cerimônia. 

Hoje os Caboclos Tupinamba, costumam vir em linhagem ou falange de Xangô e de Oabaluaiê, pois muitos vem com o intuito de cura de doenças, são caboclos muito forte, justos, muito deles são velhos curandeiros, sábios etc. Essas e muitas outras são características desses caboclos maravilhosos, que pisam na Umbanda e fazem benfeitorias as pessoas que os procuram com fé e devoção.

show normalcase tsN left fwR|show tsN left fwR|left show fwB|b04 bsd|||news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||