Mônica Ribeiro Araújo

Meu nome é Mônica, tenho 44 anos, sou Psicóloga e Servidora Pública. Há 10 anos atrás recebi  o diagnóstico de câncer, um tipo muito raro, estágio IV  e com poucas chances de sobreviver, segundo os médicos, e desde de então  minha vida se transformou. Minhas filhas eram pequenas e eu sabia que não podia deixá-las. Agarrei com toda força as chances que eu tinha para sobreviver. Na época realizei alguns atendimentos em um Centro Espírita, que foram muito bons, mas não pude continuar porque estava ficando muito debilitada em função da Quimioterapia, Radioterapia e Braquiterapia.

O meu tratamento tinha que ser muito forte, eu não tinha muito tempo...então o meu corpo foi “bombardeado”durante um ano com muita medicação e radiação. Os médicos foram muito dedicados, fizeram tudo que estava ao alcance deles, me curaram do câncer, mas o que eles não podiam imaginar é de como eu ficaria após tudo isso.

Então passei a conviver com muitas dores pelo corpo, meus órgãos envelheceram, passava mal diariamente, enfim... me curei, mas perdi por completo a qualidade de vida, até que em outubro de 2017 recebi novamente o resultado de um exame que não me deixou muito feliz,  somente eu e meu marido, meu grande companheiro nesta dura jornada, sabíamos.

Um dia, sozinha em casa, sentindo fortes dores, mal conseguia andar, recebi a ligação de uma amiga que disse:“ A Iyá me falou que você está precisando de ajuda”!. Eu me emocionei muito. Como poderia, alguém que não me conhecia saber que naquele exato momento eu estava pior ?!?

E foi então que essa amiga, a Isabelle me convidou  para conhecer o Centro Luz de Odara.Quando entrei, um Médium que estava sentado no fundo da sala, levantou e pediu para falar comigo, ele estava incorporado, e era o Pai Francisco da Guiné, eu não fazia ideia do quanto que a minha vida melhoraria desde de então.

Naquele dia ele me falou sobre coisas da minha  vida que só eu sabia e de muitas que eu nem   imaginava, realizou uma cirurgia espiritual, que se finalizou no dia seguinte em casa, eu que já estava com muitas dificuldades de caminhar, devido a dores fortes, melhorei.

Então passei a frequentar o Centro Luz de Odara, fiz o jogo de búzios que me orientou sobre muitas coisas, inclusive a fazer o Ebó e o Bori.

Eu tomava de oito a dez comprimidos por dia, hoje tomo apenas dois, não preciso mais de medicação para dormir., aquelas dores intermináveis pelo corpo, melhoraram, a tristeza e a depressão desapareceram. Me sinto novamente com capacidade de sonhar e planejar algo para minha vida.

O Centro Luz de Odara, através dos seus Médiuns e de todos os trabalhadores que dedicam parte da sua vida a ajudar ao próximo, me devolveu a alegria de viver. Serei grata para sempre!!!

left show tsN fwB|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd c10|||news login fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|c05 b02 bdt|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||